TURISTAS

NÃO HÁ MAIS

[Proposta organizada por Laura Belik e Marina Rosenfeld Sznelwar]

 

Em meio a pandemia, fronteiras fechadas e reclusão social você se vê residindo em uma das cidades mais turísticas do mundo. Se o cotidiano dos espaços é geralmente pautado por favorecer multidões de estrangeiros e transeuntes temporários, como fica a dinâmica da cidade e seu funcionamento quando visitantes são proibidos? Como autoridades e a própria população lida e usa esses espaços agora mais vazios? Como é o reconhecimento dos hábitos e utilidades que o cidadão busca para sua própria cidade, sem se preocupar com o entretenimento forasteiro?

E quando as portas começam a se abrir, uma nova realidade cotidiana se instaura. Será que caminhamos para uma mudança permanente, ou aos poucos vamos voltar ao que era antes? A cidade se adapta às novas regras de distanciamento com marcas e sinalizações. Como são os novos espaços de encontro? Como ficam as relações cotidianas entre habitantes, e com o retorno dos estrangeiros?

 

Colaboradores registram algumas das suas impressões e pensamentos sobre o uso e dinâmica da sua cidade durante essa curta janela de tempo em que quem vivência os espaços não são turistas, e sim moradores locais. 

COLABORADORES 

Barcelona, Espanha | Isabel Villares 

Bruxelas, Bélgica | Talita Nozomi

Buenos Aires, Argentina | Elisa Calfat

Nova York, EUA | Ana Luiza Cortez 

Nova York, EUA | Ángel Mombiedro

Eerie Wellington, Nova Zelândia | Luca Penteado Caiaffa  

Paris, França | Amanda Antunes

Poitiers e Paris, França | André Rosenfeld Sznelwar

Rio de Janeiro, Brasil | Renata Bolliger

São Francisco, EUA | Daniela Ades 

Sardenha, Itália | Gabriele Satta

Sydney, Austrália| Rebeca Grinspum

Tel Aviv, Israel | Gal Wajskop

Tokyo, Japão | Katia Morinaga Honda Nemoto

Veneza, Itália | Livia Baldini 

Screen Shot 2020-06-24 at 10.31.52.png

SAIBA MAIS! Veja nosso artigo no ArchDaily Brasil : 

"Turistas não há mais: chamada de ensaios sobre cidades turísticas no pós-pandemia" 

na mídia pelo mundo: 
(clique nas imagens para ver as matérias)